Notícias e Vídeos

Voltar

Patrulha Maria da Penha já funciona em Marabá

 

Viatura foi apresentada para autoridades que lidam com violência contra a mulher/ Foto: Evangelista Rocha

Desde ontem, sexta-feira (25), Marabá conta com a Patrulha Maria da Penha, constituída de uma viatura que será operada por uma equipe integrada de guardas municipais da Prefeitura e por policiais militares. O objetivo da guarnição especializada é atender mulheres vítimas de violência que estão sob medida protetiva de urgência, impedindo assim que os agressores se aproximem delas.

 

A entrega do veículo aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (SEVOP). O prefeito de Marabá Sebastião Miranda Filho entregou a viatura ao comandante da GMM, Everton Barreto. O inspetor ressaltou que o carro é essencial no apoio ao combate ao alto índice de violência contra a mulher em Marabá.

 

“Essa viatura, nós temos a honra e o privilégio de recebe-la hoje para atender o público feminino. Nós sabemos que Marabá tem o índice muito alto de violência contra a mulher e a viatura veio apoiar tanto a PM quanto a Guarda para agir no combate a esse crime”, afirma o inspetor.

 

Delegada Simone Felinto é a titular da Delegacia da Mulher em Marabá / Evangelista Rocha

 

Por sua vez, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Condim), Júlia Maria Rosa, considerou a entrega da patrulha como mais uma vitória da luta das mulheres em busca da garantia de direitos. “Eu acho que o carro, como instrumento de trabalho da patrulha Maria da Penha, é uma conquista extraordinária. Nos anos anteriores, ele foi pautado e a patrulha é a consolidação deste convênio, é uma vitória extraordinária para as mulheres que estão sob medida protetiva, e somamos os grandes parceiros, como a Prefeitura, Conselho da Mulher e Coordenadoria da Mulher e o grande parceiro que é o Tribunal de Justiça”, declarou.

 

Por seu turno, o comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), coronel David Sarah, classificou a entrega da viatura como um “sonho que saiu do papel para a realidade”. Ele enalteceu que a PM de Marabá tem policiais treinados para atuar nesse tipo de situação e observou que o atendimento a mulheres que estão sob medida protetiva é fundamental para evitar crimes mais graves, como o feminicídio, por exemplo.

 

Também estiveram presentes na cerimônia várias integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, vereadores, secretários municipais, representantes das polícias civil e militar e da Ordem dos Advogados do Brasil. Além do juiz da 3ª Vara Criminal da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Alexandre Arakaki. O magistrado declarou que a entrega da viatura é uma vitória da rede de proteção à mulher do município. O magistrado afirmou ainda que a atual gestão de Marabá sempre se colocou sensível às ações de combate a esse tipo de violência.

 

“A prefeitura tomou essa frente para nos auxiliar e parabenizo a gestão pelo incentivo. Este é um veículo a ser utilizado pela patrulha Maria da Penha, uma patrulha formada pela PM e pela Guarda Municipal, cujo objetivo é fiscalizar o cumprimento das medidas protetivas de urgência já deferidas”, concluiu.

 

O juiz Alexandre Arakaki orienta que as mulheres com medida protetiva deferida e direitos violados devem procurar a patrulha para que possam ser atendidas em tempo hábil. “Numa ligação, a patrulha deve estar no local em menor tempo possível com o protocolo de atendimento bem rigoroso para que possa cessar essa violência”, afirmou. (Da Redação com informações de Evangelista Rocha e Ascom/PMM)

 

 

SAIBA MAIS

O veículo já havia sido solicitado pela vereadora Priscila Veloso, através de requerimento, atendendo uma reivindicação dos movimentos das mulheres organizadas. “É de suma importância para fortalecer as políticas públicas para as mulheres. Há algum tempo que tínhamos solicitando e hoje nós concretizamos este sonho para tender as mulheres que vem sofrendo todo tipo de violência”, reiterou a vereadora.

 

Fonte: Site Correio Impresso


    Compartilhar:


Contribua

Ajude a manter o projeto que há mais de 20 anos luta por uma cidade melhor.
Contribua livremente, sem vínculo ou compromisso. Você pode doar quando e quanto quiser.