Notícias e Vídeos

Voltar

Menor é apreendido 4 meses após matar uma pessoa

 

Marcelo foi assassinado em outubro por um menor infrator que foi preso ontem/ foto: Josseli Carvalho

Nesta quarta-feira (27), a Delegacia de Homicídios da Polícia Civil em Marabá deu cumprimento a mandado de internação provisória a um adolescente em conflito com a lei acusado de assassinar o jovem Marcelo Ventura Ramos, de 19 anos. O crime ocorreu dia 28 de outubro do ano passado. O adolescente foi apreendido em casa, na Avenida 26 de Junho, Bairro Liberdade, Núcleo Cidade Nova. O infrator, por motivo fútil, teria sob efeito de álcool desferido quatro facadas na vítima, de quem era vizinho.

 

Conforme divulgado pelo jornal CORREIO na época, a vítima tinha se envolvido em uma discussão em casa com um vizinho, na noite anterior ao crime. Esse vizinho ameaçou a vítima de morte. “Ele cumpriu essa emaça”, relatou o delegado Ivan Pinto da Silva, responsável por toda a investigação que agora culminou com a apreensão do menor infrator.

 

Na tarde daquele domingo, 28 de outubro, o acusado munido de uma arma branca e acompanhado de outro elemento (cuja identidade ainda não foi revelada à Imprensa), invadiu a casa da vítima e a golpeou com quatro facadas, sendo três no tórax e uma na cabeça. O rapaz morreu na calçada de uma casa perto de onde morava.

 

Na ocasião, a reportagem do Jornal CORREIO conversou com a mãe da vítima, Maria de Lurdes Araújo Almeida. Ela confirmou que desde a noite anterior, o acusado estava tentando contra a vida de Marcelo. “Desde ontem (sábado) que tinha um cara ingriziando com ele”, reafirmou, acrescentando que já tinha mandado o filho ir embora de Marabá, porque ele estava metido em muita confusão, devido ser muito esquentado.

 

Fonte: Site Correio Carajás 


    Compartilhar:


Contribua

Ajude a manter o projeto que há mais de 20 anos luta por uma cidade melhor.
Contribua livremente, sem vínculo ou compromisso. Você pode doar quando e quanto quiser.